Powered by
Brasil Tamo Junto e Força Maior
© 2016 TODOS DIREITOS RESERVADOS
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

Raios Cósmicos

 Nesse artigo, nós vamos te entregar uma revelação da Teia Universal sobre os Raios Cósmicos. São informações inéditas sobre os mentores e mestres de cada raio e seus atributos. E amanhã, dia 25, às 20h, eu vou te entregar o SEU raio cósmico em um webinário totalmente gratuito! Isso mesmo! Para participar, basta colocar seu email nos comentários.

 

[Este texto é um excerto do material didático oficial da Terapia Ascensional Quântica - Reiki Han e é registrado em nome da Linha Branca dos Seres Ascensionados, Gislaine Regis e Alexandre Wahbe e pode ser difundido desde que citada a fonte e sem alterações]. 

 

 

Deus, em sua Magnitude Manifestada, desenvolve todos os atributos necessários ao desenvolvimento da vida. Assim, os Raios Cósmicos tradicionalmente apresentados pela Grande Fraternidade Branca representam a energia de irradiação Divina Suprema na criação de todas as realidades possíveis e imaginárias.

 

A junção de todos os raios é a luz branca, e essa luz divide-se na dualidade de modo a criar as parcelas mínimas de diversidade em todos os tons, formas, modelos de vida, radiações, naturezas, etc.

 

 

 

As vibrações dos raios cósmicos supremos podem ter interpolações com números, sons, atributos humanos. Podem então, tecnicamente, serem utilizadas cromoterapicamente para ativação de elementos em nossos atendidos e irmãos que apoiaremos com amor. O amor é uma chave reikiana universal que nos leva ao extremo da vibração de cada raio cósmico.

 

“É preciso preparar os corpos para receber as energias”.

 

“As cores [dos raios e da cromoterapia] são uma bomba atômica de amor”.

 

“Quando recebem as energias e quando visitamos os locais nós trazemos e deixamos as energias, como um perfume que fica para quem estiver mentalizado”.

 

Kanôn Tanhon, ligada às equipes da deusa do Amor de Vênus, através da canal Gislaine Regis

 

Existem muitas fontes e muita celeuma no que diz respeito à utilização dos raios cósmicos provenientes de Deus Absoluto, que é o Sol que faz irradiar a energia Mater de diversos Mundos pelos Sóis menores nas diferentes galáxias.

 

Antes de tudo os raios são universais e são vivos, são o fator todo-estimulante e potencializador de todas as formas de vida. São inerentes então a todos os seres.

 

Na Doutrina do Salto Quântico, que é parte integrante da Terapia Ascensional Quântica, que pode ser estudada dentro do Mapa Ascensional, são entregues aprofundamentos sobre a constituição do ser humano e sua ligação fundamental com um raio específico a nível supremo de Alma/Eu Sou/Mônada e Supra Mônada.

 

Esses últimos atributos energéticos constituintes da Alma dos humanos são apresentados no glossário ao final do Mapa Ascensional.

 

Os raios podem ser estimulados quase que de modo científico, ou seja, seus atributos mais básicos (cores) podem ser irradiadas pela cromoterapia mental e projeção magnética pelas mãos e demais chacras dos humanos para qualquer forma de vida que necessite de potencialização.

 

Por exemplo, para algum irmão humano sem perspectiva e sonhos, em se projetar o raio azul potencializaremos seu poder, fé e iniciativa.

 

Resumindo, os raios cósmicos são atributos da Fonte entendidos por nós na forma de cores, em uma simplificação para a nossa mente humana. Cada uma dessas cores representa um atributo fundamental da criação e elas se combinam para formar tudo o que existe. Cada um de nós tem um raio cósmico original, que é o nosso verdadeiro DNA da alma. Ou seja, cada um de nós foi criado dentro e de acordo com um atributo divino que devemos expressar em toda a nossa existência.

Veja abaixo os sete raios cósmicos principais e seus atributos.

 

 

Genericamente esse é um fator básico, falar das 7 radiações principais de Deus que desembocam nessas 7 estruturas, que variam conforme o tempo da revelação à humanidade e o canal/médium que nos trouxe a informação.


De 100 anos pra cá foram muitos canais ativados em todo o planeta, todos alcançando a informação integral, que é decodificada pela visão e elementos parciais do médium/canal, seja qual for. Como ensina Alan Kardec, pela lógica, quantidade e tendência das revelações, vai se criando uma tendência mais concreta e uma doutrina universalmente aceita, por assim dizer.


Já se fala hoje em 144 Raios Supremos de Alfa e Ômega. Shtareer revela esse espectro, e por outro lado já são amplamente aceitos e utilizados por muitos de diversas formas, as informações sobre os 12 e 22 raios, que também são formas de entender e estimular a manipulação dessas forças.


Ensina Rodrigo Romo que na casa das duas dezenas de raios nossa retina já não conseguiria visualizar essa abstração de energia e impulso cósmico em forma de cor. Falar de um raio cósmico com uma cor, quando se explica sobre vibrações cósmicas estruturantes é uma forma simplificada que os Mestres escolheram para o ser humano entender essas energias de modo elementar.

 

Bem, para nós terapeutas é um caso concreto e totalmente plausível o da utilização da cromoterapia mental com essas bases e atributos, bem como a possibilidade de se irradiar os raios com as mãos ou mente. Também é possível promover a abertura e empenho para que haja um fenômeno de aproximação das forças espirituais na estruturação dos Raios Cósmicos (Arcanjos, Mestres, Elohins e seres coligados aos mesmos) com total controle por parte do médium, chamado acoplamento, que é como que uma incorporação, porém com cerca de 10% da força comum.

 

É possível também a canalização e abertura para as ondas mentais de todos esses seres, como ferramentas potencializadoras da ativação vibracional, inspiracional e proteção para o terapeuta e receptor nas terapias, como será ensinado e detalhado no tópico das metodologias de aplicação da Terapia Ascensional Quântica.


Poderemos ver também mais elementos sobre os Raios Cósmicos na íntegra da Doutrina do Salto que é localizada no Mapa Ascensional.


O ser humano possui, pelos atributos de seu Raio Cósmico direto (um dos 7 Raios ou derivações dos mesmos), o verdadeiro “DNA da Alma”, sua parcela de conhecimento mais íntima, sagrada e importante para que se obtenham decisivas chaves para o entendimento das tendências da alma, que se transformam em decisões e caminhos das diversas vidas como encarnados na terceira dimensão e fisicalidade que possamos ter. O Raio cósmico direto de cada pessoa representa também um verdadeiro porto seguro e manancial infinito de originalidade, criação, Omnisciência e Omnipresença, existente de forma única em cada ser humano.


Mesmo pertencendo a um Raio Cósmico direto e tendo sua influência, irradiação e guia de modo perpétuo por todas as encarnações, é importante ressaltar a que as questões astrológicas da vida atual ou cármicas desta e de outras vidas que manifestem-se em faixas de carma ativas e destino, determinarão influências fortes de outros raios sob a pessoa.

 

Assim, a pessoa pode ser originalmente, pela sua ligação com o “seu” Elohim(que é o fator condicionante do Raio cósmico da pessoa), um ser do Raio Azul em todas as suas vidas, que possui a matiz do poder, fé e iniciativa, mas que terá ampla ligação com caminhos correlacionados, por exemplo, ao amor, docilidade e abertura do feminino universal, ligando-a nessa vida, assim, indiretamente, ao Raio Rosa, do atributo amor.

 

Importante ressaltar que a irradiação de todos os Raios provém de Deus Pai-Mãe Todo Poderoso, que é a Fonte de todos os Raios Cósmicos, todos Manifestação de seus Atributos. Assim, cada pessoa é literalmente uma Manifestação perpétua de um Atributo de Deus.

 

Arquetipicamente a estruturação de cada Raio/pessoa ou atributo universal tem paralelos diretos com as 7 cores do Arco Iris; 16 (1+6 =7), que é o número que representa os Orixás no Jogo de Búzios, que sintetiza todas as possibilidades do ser no universo; os 7 dons do Espírito Santo, enfim, todas as representações do “fator 7” encontrado em diversas fontes e tradições.

 

Como já dissemos, esse é um fator comum em diversas tradições, que variam conforme o tempo de revelação à humanidade e o canal/médium que nos trouxe a informação. Desde o final do século 19, a Terra tem recebido grandes influxos incomuns de luzes como as revelações em cadeia pelos grandes canais da Grande Fraternidade Branca como Blavatsky, Leadbeater, mestra Rowena, Conde Saint Germain, além de Manifestantes como Báb, Bahá´u´lláh e grandes canais como Allan Kardec, Sai Baba, Tia Neiva e Chico Xavier.

 

 

 

Gostou? Compartilhe! ;)

 

Please reload

POSTS DESTACADOS

Aperfeiçoamento da Personalidade # Cód. Asc. 7

17/10/2016

1/9
Please reload

SIGA

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

Deixa o seu comentário abaixo ...